Saiba mais sobre automação de marketing!



Automação de marketing não é uma estratégia nova. Você provavelmente não percebeu, mas ao agendar posts nas redes sociais, usar chatbots e disparar algum simples e-mail, está automatizando a tecnologia.


Mas a automação de todo o processo de marketing é ainda mais amplo e se aproxima do Inbound Marketing, pois o objetivo é que a equipe interrompa o mínimo possível durante o processo de compra.


Para isso, é preciso que a gestão dos leads seja automatizada já no funil de vendas.


6 vantagens da automação de marketing


Em um mercado cada vez mais competitivo, que demanda agilidade, as empresas têm buscado a automação do marketing para serem mais competitivas, garantindo ganho de tempo e eficácia.


Para alcançar esse objetivo, a automação de marketing oferece:


Mais produtividade


Automatizando o marketing, um só e-mail, por exemplo, pode ser replicado para centenas de leads automaticamente. Isso poupa tempo dos colaboradores de marketing, que podem se dedicar a outros tipos de atividade menos mecânicas.


Mais vendas no funil


Ao otimizar o tempo de trabalho, a automação de marketing permite que uma empresa aborde os leads nos momentos estratégicos, mantendo o relacionamento, e fazendo os leads evoluírem paralelamente, sem a necessidade de esforços manuais. Assim, o marketing gera mais vendas e ainda garante o aproveitamento dos recursos.


Menor probabilidade de erro


Na comparação com as ações humanas, a automação de marketing diminui as chances de erro, pois é uma máquina que executa o trabalho. Essas ferramentas automáticas precisam ser configuradas corretamente, é claro, além de acompanhadas de perto pela equipe de marketing, a fim de prevenir falhas.


Como adotar a automação de marketing


Para adotar a automação de marketing, você deve fazer um planejamento, traçando os principais objetivos a fim de criar um fluxo com estratégias, metas e pilares de conteúdo.


Procure entender, em seguida, a persona da sua estratégia, acompanhando a sua jornada de compra e destrinchando cada e

Após definir sua base de contato, aprofunde as informações sobre o seu lead: procure uma lista de e-mails ou mesmo informações mais qualificadas, como cargo e localização.


É importante segmentar os dados a fim de atuar com estratégia, buscando atingir aqueles consumidores com mais chance de se interessar pelo seu conteúdo. Portanto, invista em maneiras de coletar dados.


A partir daí, inicie a produção de conteúdo, evitando criar conteúdo aleatório. Utilize a jornada de compra do consumidor para produzir conteúdos compatíveis com as necessidades dos seus clientes.


Contrate uma ferramenta de automação para poder configurar os fluxos. Aposte em ferramentas de automação de marketing, buscando reviews de softwares e não se esqueça de acompanhar sempre os indicadores de desempenho das suas estratégias, avaliando pontos que podem ser otimizados.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo